Menu
Top5

[Top6] Destruidores de corações na literatura!

Não há nada como a sensação de ter seu coração metaforicamente arrancado do seu peito ao ler um livro.  E claro, além de ler um livro que acaba com o nosso coração, existem vários personagens que são verdadeiros destruidores de coração. Várias das vítimas da literatura são até mesmo levadas ao suicídio.

Sem mais delongas, aqui estão os maiores destruidores de corações na literatura: 

(OBS: Contém spoilers dos livros citados!)

1. Daisy Buchanan do livro “O Grande Gatsby” de F. Scott Fitzgerald 
Daisy é  da pior espécie . Mesmo que eu, pessoalmente, acho Gatsby super irritante (mesmo que apaixonante). Todo este livro é essencialmente sobre Gatsby mostrando tudo para Daisy, eu até sentia pena do cara. Daisy dá corda a Gatsby, dando-lhe a impressão de que ela vai, eventualmente, deixar aquele seu marido assustador. Só que ela nunca realmente pretende deixá-lo. Gatsby perde toda a sua vida só para impressionar uma garota, e vocês já sabem o que acontece no final…

carey-mulligan-as-daisy-buchanan-tchadquarterly

Lotte em “Sofrimentos do Jovem Werther”, de Johann Wolfgang von Goethe
Essencialmente as amarguras de Werther são um resultado direto de Lotte. Lotte já está envolvida com um homem 11 anos mais velho que ela, mas apesar de Werther saber disso, ele se apaixona por elaDepois que ela se casou, Lotte diz que provavelmente não é uma boa idéia que Werther a visite tanto. Werther chega à conclusão de que alguém no triângulo amoroso tem que morrer (Eu não estou realmente certa do porque que ele chega a esta conclusão), e ele sabe que não pode tirar a vida de outra pessoa, então ele decide tirar a sua própria vida. Ele atira em si mesmo e Lotte (aquela vadia) não vai para o seu funeral. Okay que de certa forma, nada disso é culpa de Lotte, mas eu gosto de culpá-la então ela é uma espécie de destruidora de corações de forma indireta.

werther_lotte-thumb-600x368-29717

Trip Fontaine do livro Virgens Suicidas de  Jeffrey Eugenides
Todo mundo na escola está obcecado com a Trip! Só que ele escolhe a pobre Lux. Convence os pais dela a deixarem ela ir ao baile, transa com ela no meio do campo de futebol (provavelmente tirando a virgindade dela) e depois desaparece. Lux ( toda #revolts) começa a ter relações sexuais com estranhos. E bem, vocês já sabem que vamos parar em um funeral novamente…

v2

Dorian Gray de Oscar Wilde “O Retrato de Dorian Gray”
Dorian Gray é um dos maiores canalhas literários de todos os tempos. Ele faz com que a menina se marasse por ele, pelo amor de Deus.  E Basil é também provavelmente apaixonada por ele, mas Dorian é tão bonito que absolutamente todo mundo é apaixonado por ele. E ele também não tem alma, então ele não tem escrúpulos sobre quebrar corações. E, céus ele também não envelhece, fazendo com que ele destrua corações para sempre. No entanto, ele acaba punindo a si mesmo por toda a sua crueldade no final.

dorian-gray-444104l

Hamlet em “Hamlet”, de William Shakespeare
Hamlet se torna obcecado em matar seu tio, e se esquece de Ophelia, a pobre garota que costumava amar e fazer sexo. Ophelia se perde totalmente, e se afoga. Quando Hamlet vai para o cemitério e vê seu túmulo, ele nem percebe que ela está morta até que seu funeral começa e eles trazem o seu corpo para fora. Sabemos que ele é um cara ocupado, mas vamos lá.

hamlet96b1

Catherine Earnshaw de “Morro dos Ventos Uivantes”, de Emily Brontë
Apesar de o amor de Catherine e a adoração para com o seu melhor amigo de infância, Heathcliff, ela decide que ele é muito “classe baixa” para ela e casa-se com outro. Heathcliff até tenta se tornar um cavalheiro,  mas Catherine morre prematuramente e mesmo depois de morta ela o persegue! O quão cruel é isso?

versao2009

Fonte do post 

About Author

Criadora do @pausaparaumcafe, social media, formada em marketing, rata de biblioteca, intolerante à lactose e a pessoas de mau humor.

2 Comments

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.