Menu
Literatura Nacional

[TrolandoD20em20] Castelos no RPG!

“Quem não consegue se controlar é tão sem defesa quanto uma cidade sem muralhas.” – Rei Salomão. Pv 25:28.

Os castelos medievais eram como mansões nos dias atuais, não existia um padrão, as construções eram feitas de acordo com a riqueza do nobre, as habilidades do engenheiro e as necessidades do ambiente. Nesse texto serão exploradas apenas algumas possibilidades.

Os castelos primitivos se chamavam Motte and Bailey, eram divididos em duas regiões, uma mais alta (Motte) onde vivia o nobre com seus servos, e uma mais baixa (Bailey) onde havia uma pequena cidade, composta principalmente de militares e artesãos [1]. (Na capa deste texto há um exemplo desse tipo de castelo)

Os castelos de pedra são a evolução dos Motte and Bailey. Nesses, os muros permitem abrigar uma cidade maior e a moradia dos nobres é transformada em fortaleza, sendo a última linha de defesa em caso de ataque. A cidade ao redor é essencial, pois as pessoas pegarão em armas para proteger seus lares em caso de ataque.

figura1-Caerphilly

Figura 1: Esquema do castelo Caerphilly, País de Gales.

As torres estão sempre presentes em castelos, podem ser construções simples, com espaço apenas para estocar armas e/ou alimentos, ou maiores podendo abrigar quartos ou salas especias (sugeridas abaixo). As principais formas de ataque nas torres são arqueiros, pois podiam atirar em segurança pelas reentrâncias, e a possibilidade de derramar óleo quente nos invasores. (ou magos nas reentrâncias)

Outra fortificação ofensiva eram as guardhouses (casas de guarda), eram posicionadas no ponto mais frágil dos muros, os portões. A defesa nas guardhouses era semelhante às torres, arqueiros e óleo quente. Nesse edifício ficavam os mecanismos para abrir os portões e/ou levantar a ponte levadiça.

figura2-York-Castle

Figura 2: Esquema do castelo de York, Inglaterra, as reentrâncias nas estruturas perto dos portões eram utilizadas para atacar possíveis invasores.

Por último e mais importante, a fortaleza (o nobre mora lá, lógico que é mais importante). Toda fortaleza possuía pelo menos os três itens seguintes [2].

1. Cozinha e despensa: Costumavam ficar no térreo.

2. Great Hall: Se situava no primeiro andar, era um grande salão para jantares e/ou festas, uma mesa ficava mais alta e era ocupada pelos nobres mais importantes. Em tempos de guerra, também abrigava os sobreviventes da cidade.

3. Aposentos dos nobres: Se situavam no segundo andar, em geral acompanhados de latrinas, salas para guardar roupas e salas de tesouro (possivelmente secretas), onde eles guardavam seus pertences.

Além das diversas torres de defesa e esses três itens essenciais, seguem outras ideias para incrementar o castelo:

– DUNGEON (calabouço): em geral situadas no subsolo, eram usadas para prisões e tortura. (ou experimentos mágicos macabros)

– IGREJA: Toda fortaleza tinha pelo menos uma capela. (De um deus bom possivelmente)

– Sala do trono: Um lugar para escutar os problemas dos camponeses uma vez por mês.

– Quartos para os servos, bardos, militares e nobres visitantes: Era importante ter os empregados sempre perto.

– Salas para estocar produtos caros: Por exemplo, o nobre possuía várias garrafas de vinhos preciosos, não era inteligente deixar qualquer um ter acesso a isso, então seria necessária uma adega especial que poucos tinham acesso. Isso também se aplica a outros objetos de valor como roupas caras ou livros.

– Banheiros: Os banhos eram com barris de água (não chuveiros), os banheiros seriam salas recolhidas que permitiam a água escorrer com facilidade.

– Corredores e escadas: Todo castelo que se preza tem vários corredores e escadas inúteis.

Para encerrar deixarei um esquema de castelo [3], infelizmente em inglês, se alguém quiser acrescentar alguma coisa, ou tiver alguma dúvida que eu consiga resolver pode ficar a vontade.

figura3-castlefloorplan

Figura 3: Mapa de um castelo com seus principais elementos.

Onde consultei

[1] http://confrariadearton.blogspot.com.br/2010/12/material-de-apoio-castelos-2.html
[2] http://www.ancientfortresses.org/rooms-in-a-medieval-castle.htm
[3] http://medievalcastles.stormthecastle.com/castle-floor-plans2.htm
[4] http://www.youtube.com/watch?v=UvrKBf_CTVI
Obs.: A última referência é um documentário sobre construção de castelos, infelizmente está em inglês, para quem não tiver problemas é muito bom.

5 Comments

  • thiago henrique
    25 de novembro de 2013 at 23:37

    Super bacana cara! Hoje venho brincando de desenhar masmorras no cad. Tá muito divertido! =)

    Reply
    • Frederico
      28 de novembro de 2013 at 14:06

      Uai, se você quiser mostrar pra gente, é só pedir a Anna depois.

      Reply
  • Lucas
    26 de novembro de 2013 at 02:05

    O de York não é um castelo, era mais um posto de vigia e defesa.

    Reply
  • felis
    19 de dezembro de 2013 at 15:14

    Adorei.. excelente trabalho!!

    Reply
  • felis
    19 de dezembro de 2013 at 15:15

    Adorei.. um trabalho excelente!!!!

    Reply

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.