Menu
Literatura

Uma coletânea de contos que você precisa ter: “Hernest Hemmingway – Contos 3”

Quem já leu Hemmingway alguma vez na vida sabe que não é fácil. Porém lindo. Apesar de Hemmingway ser um autor completamente acessível ao público, afinal ele era gente como a gente (um pouco mais pronto para a briga, mas gente como a gente), eu sempre leio Ernest como se no final, ainda não compreendesse totalmente aquilo que ele queria nos deixar com seus contos.

Talvez Hemmingway nem quisesse realmente que a gente compreendesse. Ou ele não queria dizer nada com aquilo além de nos contar algumas histórias bizarras e com pessoas que também estivessem prontas para briga. Mas o que importa é que a escrita dele é incrível. Sua descrição me faz sentir aqueles momentos, aquela raiva. Aquele NÃO ou aquela linha escapando da vara de pescar quando perdemos aquele peixe por não saber pescar direito.

Hemmingway3

Quando li a biografia do Perkins, editor do Fitzgerald que também era editor do Hemmingway eu me surpreendi com o quando acabei por gostar do Ernest e de suas brigas com um ou outro que quis dizer alguma coisa não mundo feliz com a crítica de seu novo livro.

Esse volume é o terceiro e último da coletânea de contos lançados com as capas mais lindas do mundo pela Bertrand Brasil. Vocês podem conferir todos os contos presentes na antologia na foto abaixo: Hemmingway4

Se você ainda não conhece ou não leu nada do autor, recomendo que você comece com algum livro específico (Paris é uma Festa) e depois comece as antologias de contos. Podem escolher qualquer uma. Todas tem contos incríveis e com títulos super interessantes. Aposto que você também vai se apaixonar por Hemmingway e nunca mais vai querer parar de ler.

Hemmingway2
ISBN-13: 9788528614817 | ISBN-10: 8528614816 | Ano: 2015 | Páginas: 462 | Editora: Bertrand

Hemmingway é considerado pela Academia Sueca como um dos maiores autores de nosso tempo,  foi o ganhador do Prêmio Nobel de Literatura de 1954, feito em grande parte devido à sua obra-prima O velho e o mar (1952), que também foi vencedora do Prêmio Pulitzer de 1952. Sua prosa é admirada pelo seu estilo enxuto e despojado, com uso de frases e parágrafos curtos. Seu estilo é muitas vezes apontado como sua maior herança à Literatura e influenciou os padrões vigentes na época.  Autor de uma obra prolífica, escreveu romances, contos, trabalhos de não-ficção e autobiográficos que foram publicados em vida ou postumamente.

Untitled-1

CLIQUE AQUI PARA COMPRAR 

Baci ;*

Aproveite para nos seguir nas redes sociais!
Facebook Instagram Twitter Tumblr Google +  ? Pinterest Youtube  ?Blogvin Flickr

About Author

Criadora do @pausaparaumcafe, social media, formada em marketing, rata de biblioteca, intolerante à lactose e a pessoas de mau humor.

2 Comments

  • Raquel Moritz
    5 de agosto de 2015 at 11:21

    Amo ele desde já. 😛 AHEAEHAEHE, brincadeira.
    Quero começar a ler as obras dele quando tiver um tempinho 🙂
    Parece incrível!

    Bjsss

    Reply

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.