uma estrada que leva até o mar

27 de junho de 2022

eu estava na estrada quando percebi que a última coisa que eu tinha escrito sobre você já fazia tempo demais. Eu tinha certeza que tinha jogado palavras a mais por aqui, talvez eu tenha escondido elas só para mim, igual um sentimentos ou dois.

acontece.

já é noite lá fora e a estrada fica mais bonita no escuro. Eu gosto da noite como gosto do mar, eles me aproximam do meu lado que se sente mais amigo das palavras e é mais fácil me comunicar. As vezes eu me perco olhando pela janela do carro. No banco da frente minhas companheiras de viagem conversam sobre filhos, eu não sei opinar sobre isso então aproveito para sentir a viagem. Sem música, só o barulho dos carros e caminhões na estrada. Eu já passei tanto por essa estrada que as vezes eu tenho impressão que conheço ela mais do que deveria.

queria conhecer certas coisas como eu conheço essa estrada entre Florianópolis e Curitiba.

queria te conhecer. As vezes mesmo tendo vivido tantos anos perto de você, eu sinto que não sei mais quem nós somos.

queria que você me conhecesse melhor, ou talvez simplesmente não devesse. Seria um perigo para mim, para os meus sentimentos.

já aconteceu uma vez de você me conhecer bem, e você saiu correndo.

okay, talvez não tenha acontecido exatamente assim, pois depois disso eu corri algumas vezes e foi o seu abraço que encontrei. Como quando o Murilo se foi… Eu ainda não consegui escrever nada sobre ele. Minhas mãos travam, minha garganta prende e as palavras me sufocam. Eu não sei perder as pessoas, pensei que depois de tudo eu já saberia lidar melhor com isso, mas ainda não. Sabia que a última conversa que eu tive com ele, as últimas mensagens que trocamos foi sobre você?

pois é, acontece…

estou aqui em mais um bate volta rápido demais para ser lembrado. Mas durante todas as horas que passei na estrada e nessa cidade lembrei que agora você mora aqui. E apesar de eu conhecer muito bem essa estrada, amar que ela me traga até perto do mar. Agora ela também leva para você. Alguém que há anos eu corro pra longe tentando me aproximar.

mas enquanto a estrada que eu conheço por aqui chega no último pedágio me mostrando que minha casa está a menos de 30 minutos, digo que é ter estradas que conhecemos bem, que nos levam pra casa ou para o lar. Acho que talvez você seja mais mar do que a fria Curitiba. Floripa tem um jeito que me lembra você. Eu devo voltar mês que vêm, pela estrada que eu já conheço de cor. Quem sabe a gente se cruza por aí.

pode acontecer…

Foto de Blaque X: https://www.pexels.com/pt-br/foto/foto-de-calm-sea-at-daytime-944440/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Like
Close
Copyright © 2021 Pausa Para um Café
Made with by Loft.Ocean. All rights reserved.
Close
5 Livros para Curar a Ressaca Literária! 5 RPGS para quem gosta de TRUE CRIME e Investigação 5 LIVROS PARA O SIGNO DE AQUÁRIO 8 ½ Festa do Cinema Italiano Chega em Curitiba! 5 LIVROS PARA O SIGNO DE PEIXES!