YuYu Hakusho é a volta de um clássico de alguém que nunca foi - Seu site sobre Literatura e RPG

Vídeos Segunda, Quarta e Sexta.   SE INSCREVA

Search

YuYu Hakusho é a volta de um clássico de alguém que nunca foi

Yusuke Urameshi, 14 anos. Personalidade: rude, violento, impaciente e impulsivo. Além disso, é ladrão e burro.

Esta bela criatura é o personagem principal de “Yu Yu Hakusho”, mangá de Yoshiro Togashi, que posteriormente virou anime. Quando a Anna trouxe para mim o primeiro volume da JBC, fiquei com a impressão de que já tinha visto aquilo antes, até que lembrei: assistia Yusuke e sua “gangue” na finada TV Manchete.

Coisas que só os anos 90 nos proporcionam.

Na história, Yusuke é um cara sem muita perspectiva. Não curte ir pra escola, não curte fazer as coisas direito, não curte nada nem ninguém. Tem uma PÉSSIMA fama por toda a cidade, as lojas literalmente fecham quando ele passa. É aquele tipo de pessoa que você sente vontade de socar na cara até cansar.

O que se passa é que no dia que ele resolve ir à escola, depois de dez dias de ócio, uma tragédia acontece. Ele morre.

E morre de um jeito bem peculiar: salvando uma criancinha que iria ser atropelada.

Essa atitude foi tão inesperada, que nem o plano espiritual tinha previsto. Isso gera um problema, pois não houve tempo para criarem um lugar para ele, no céu ou no inferno. É dada a Yusuke então, duas opções: ficar eternamente vagando pela Terra como uma alma penada, ou fazer o “Teste da Ressurreição”, e assim retornar à vida.

De início, ele não aceita fazer o teste, porém ao chegar em seu enterro e descobrir que há pessoas que sentem pela sua morte, muda de ideia. A condição imposta para que volte, é que ele se torne um Detetive Sobrenatural, e vá a caça demônios que fogem do Mundo das Trevas para o Mundo dos Homens.

IMG_0999

“Não conheci o outro mundo por querer!”

O legal é que Yusuke não é um protagonista padrão: ele é ruim, estúpido e grosso. Sua vida é toda problemática e isso se reflete em sua morte/ressuscitamento. Acompanhar sua saga é divertida porque a todo momento você torce tanto por ele, quanto contra ele.

A história dele é famosa, muita gente já conhece (muita gente MESMO), já viu, ou pelo menos tem uma noção. A JBC, no passado, já tinha lançado YuYu Hakusho. Agora, relança no formato de 200 páginas e não possui páginas coloridas.

A arte (desenhada pelo autor) em alguns momentos é meio poluída, talvez pelo excesso de texturas esfumaçadas, mas isso não atrapalha em nada a legibilidade, nem a leitura. Achei a tradução bem feitinha e, como de praxe da JBC, sempre temos notas de rodapé com os termos que não foram adaptados ao nosso idioma (o que é sempre muito bom).

Achei muito interessante relançarem a história, pois a galera que não acompanhou o fervo que foi nos anos 90, vai poder acompanhar agora. O mangá/anime foi bem marcante e vale a pena ter esses volumes numa coleção nostálgica intergalática do além.

(P.S.: Quem viu o anime vai ler o mangá todo com a voz do Yusuke, porque a dublagem foi extremamente marcante e não sai da cabeça :D).

IMG_0998

Nº total de edições: 38 | Coleção completa | Formato: 12,3 cm X 17,7 cm cerca de 200 páginas | Preço: R$ 14,90

Yoshihiro Togashi se tornou um mangaká profissional ao ganhar o prêmio Osamu Tezuka, da Shueisha, pela história Buttobi Straight. Um ano depois ele publicou seu primeiro mangá na Shonen Jump, Tonda Birthday Present. Mas seu primeiro sucesso só veio em 1989 com Tende Shôwaru Cupid. No ano seguinte, Togashi lançou a obra que o consagrou em todo o mundo: Yu Yu Hakusho. Em 1996, foi a vez de publicar Level E e, em 1998, seu outro grande sucesso: Hunter x Hunter, título que continua a produzir até hoje. Além de ser conhecido por sua obra, Togashi também é famoso por ser casado com outra mangaká, Naoko Takeuchi, autora de Sailor Moon.

editoras

CLIQUE AQUI PARA COMPRAR 

Baci ;*

Aproveite para nos seguir nas redes sociais!
Facebook Instagram Twitter Tumblr Google +  ? Pinterest Youtube  ?Blogvin Flickr

5 LIVROS PARA FICAR OBCECADO 5 LIVROS QUE TODO CREATOR DEVERIA LER 10 livros para ler antes do vestibular Halloween: 5 livros de terror na literatura 5 livros para começar a ler clássicos