Literatura

[Resenha] O Símbolo Amarelo e Outros Contos de Robert W. Chambers | @arteeletra

Sinopse: ‘The King in Yellow’ é um texto maldito que levaria à morte todos que o lessem. Publicado originalmente em 1895, o livro volta a ganhar vida servindo de referência para a mais nova série de sucesso da HBO, ‘True Detective’. ‘O Símbolo Amarelo e outros contos’ reúne exatamente as quatro histórias que citam a peça maldita, além de um grande bônus, ‘Um habitante de Carcosa’, conto de Ambrose Bierce que serviu de inspiração para Chambers criar a peça ‘The King in Yellow’.

Strange is the night where black stars rise,
And strange moons circle through the skies,
But stranger still is
Lost Carcosa. — Robert W. Chambers, “Cassilda’s Song” in The King in Yellow Act 1, Scene 2

 Sabe quando você começa a ler um livro e ele simplesmente mexe com a sua mente e te faz ficar pensando, sonhando e imaginando coisas sobre ele durante todo o período de leitura ou não? Pois é! O Simbolo Amarelo me fez ter pesadelos e eu ainda estou incomodada com isso.

Quando eu soube que a Arte & Letra iria lançar o livro eu fiquei extremamente empolgada. Eu queria assistir True Detective desde que eles anunciaram a série, acompanhei os episódios na HBO e me desesperei com tudo o que aconteceu. Desde Fringe que eu não ficava tão empolgada com uma série assim.

O Símbolo Amarelo é um livro de contos que fez lembrar de muitas outas boas histórias que ele inspirou. Principalmente H.P. Lovecraft. A forma com que o livro do Símbolo Amarelo aparece para as pessoas me lembrou muito o conceito do Necronomicon que surge nas história do mestre do terror sem que nós saibamos qual é o seu conteúdo, mas compreendemos o quão ele torna-se personagem principal na história.

Aqui um livro também é protagonista, ele inspira, provoca e é a causa. Com um estilo narrativo que lembra o “Dr. Jekyll and Mr. Hyde” eu não consigo imaginar como eu fiquei tanto tempo sem conhecer essa história e fazer com que O Símbolo Amarelo se transformasse em um dos clássicos obrigatórios que eu devo indicar para todo mundo.

O livro é sombrio sem te deixar com medo durante o passar de todas as situações descritas, mas ele te deixa apreensivo, com o coração pronto para soltar pela garganta por tentar entender o que realmente está acontecendo e qual é o motivo para esses acontecimentos.

Eu ganhei mais um livro para levar para todos os lugares e indicar para quem gosta do gênero. E é impossível terminar O Símbolo Amarelo sem querer assistir True Detective mais uma vez e agora compreender tantas e tantas outras coisas que os roteiristas fizeram de referência. Se a série já foi genial sem conhecer a história. Imagine agora depois de ler e compreender todas as coisas que você achou que eram um pouco malucas demais.

A edição da Arte & Letra está em formato capa dura com uma edição impecável, e bem… isso vocês conseguiram conferir nas fotos! Se você é de Curitiba e gostou do livro, recomendo aparecer na Arte & Letra para comprar pessoalmente, em fiz um post sobre a livraria aqui! 

Edição: 1 | Editora: Arte e Letra | ISBN: 9788560499557 | Ano: 2014 | Páginas: 188 | Tradutor: Gabriel Oliva Brum

Nota: 4,5/5

Comprar: Site da Editora | Livraria (endereço abaixo)

Livraria e Editora Arte & Letra
Alameda Presidente Taunay, 130 – fundos da Casa de Pedra – Batel
Curitiba – PR
Telefone: (41) 3039-6895
contato@arteeletra.com.br

Aproveite para nos seguir nas redes sociais!
Facebook Instagram Twitter Tumblr Google +

post

You Might Also Like

7 Comments

  • Reply
    Nicolas Ueda
    11 de maio de 2014 at 23:45

    Aegh, nem me fale de obras que contenham certo teor de ocultismo, que eu fico muito cagado. Só de assistir o primeiro episódio do True Detective eu ficava um pouco com frio na barriga, porque a atmosfera que a série traz é bem densa.

    Um livro que eu não consegui terminar de ler só por uma simples citação de ocultismo, magia negra e tal foi o As Valkírias, do Paulo Coelho. Sei que o livro se trata de muito mais que isso, mas REALMENTE sou bem receoso com esse tema.

    Mas fiquei com vontade de ler O Símbolo Amarelo. Falta coragem…

    • Reply
      Raquel Moritz
      13 de maio de 2014 at 09:53

      MEU, sabe que eu tbm larguei As Valkírias por causa disso? Na real tem um capítulo no meio do livro que é tipo um relato do Paulo Coelho tendo uma vertigem ou coisa assim. Nussa, eu fiquei tão assustada. :~~~ Larguei o livro e só voltei pra ele meses depois. Hehuaheuahe

  • Reply
    Raquel Moritz
    13 de maio de 2014 at 09:54

    Essa Arte & Letra tá de parabéns! Muito capricho nas edições que vi por ali, e essa aí com certeza foi a mais bonita.

    Como prometi, VAI ROLAR MARATONA TD em casa semana depois do segundo Cine Book Club.

    Adorei a proposta do livro, me arrependi de não ter trazido (mas o EXPRESSO ANNA pode resolver, certo? aehuahea)

    BEIJO ?

  • Reply
    Jackeline
    13 de maio de 2014 at 11:05

    Caraaa!
    Correndo pra comprar o livro, eu adorei mesmo True Detective e agora to louca pra ler ele e dps rever a série!

    Aahhh Fringe era amor! <3 embora eu tenha ficado empolgada com The following e Hannibal nada tbm me deixou tão empolgada depois dela, acho que nunca vou chorar tanto quanto no dia que vi o episódio final,ver Peter despedindo do pai dizendo "I love you" me fez ficar chorando por um bom tempo. aainn que saudadinha, vou rever algum episódio rs.

    Beijos

  • Reply
    Anna
    23 de maio de 2014 at 11:35

    Poxa vida, Anna. Essa edição está mais bonita que a da Intrínseca, e eu acabei comprando a da Intrínseca já tem alguns dias.
    🙁

    Eu sou a louca que compra o mesmo livro diversas vezes por causa das capas, mas vou tentar me segurar nesse ahahhaa

    Lindas fotos!
    A.

  • Reply
    Janaina Muniz
    18 de julho de 2014 at 08:35

    Oi Anna,

    Desculpa enviar esse comentário só agora, mas eu estou atualmente lendo O Rei Amarelo da Intrínseca e gostaria de saber se os contos são os mesmo nos dois livros: o da Arte & Letra e o da intrínseca.

    • Reply
      Anna Schermak
      18 de julho de 2014 at 08:41

      Oi Janaina, não vi os contos que tem no da Intrínseca. Me envia os nomes que eu confiro pra você 😉

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.