Menu
Literatura

[Resenha] Tentação Sem Limites (Livro 02), de Abbi Glines | @editoraarqueiro

Sinopse: A vida de Blaire Wynn não foi nada fácil. Sua irmã gêmea morreu muito cedo, seu ex-namorado e melhor amigo a traiu e ela precisou cuidar da mãe doente até o último dia de sua vida. Depois de tanto sofrimento, o que ainda seria capaz de machucá-la? O terrível segredo de Rush Finlay. Depois de se apaixonar perdidamente por ele, Blaire descobriu algo cruel que destruiu para sempre o mundo que conhecia. Agora ela está mais sozinha do que nunca e precisa recomeçar a vida longe de todos que a feriram. O único problema é que não consegue deixar de amá-lo. Rush Finlay também não sabe o que fazer. Apesar das tentativas dos amigos e da família para animá-lo, o rapaz segue desolado. Ele já não quer saber da vida que levava, regada a festas, bebidas e mulheres. É atormentado pelas lembranças de um sentimento que jamais imaginara que fosse conhecer e que não pôde ser vivido plenamente. Nem Rush nem Blaire imaginavam que seus universos pudessem se transformar de forma tão radical. Porém, a maior reviravolta das suas vidas ainda está por vir. E ela será tão intensa que obrigará Blaire a engolir o orgulho, voltar a Rosemary, na Flórida, e enfrentar seus inimigos. Rush por sua vez, terá que lutar para consertar seus erros e se provar digno da confiança e do amor dela. Segundo volume da trilogia Sem Limites, que já vendeu mais de 5 milhões de exemplares no mundo, Tentação sem limites é tão viciante e tentador quanto uma paixão proibida.

“Eu estava mesmo fazendo aquilo. Deixando o que era seguro e dando o primeiro passo para encontrar o meu lugar no mundo.”

Eu posso ser um pouco contraditória nessa resenha, pois eu amo com todas as minhas forças e odeio com todo o meu coração ao mesmo tempo, esse livro ~ ou essa trilogia~.

Abbi Glines ganhou meu coração de um jeito mágico. Eu casaria com as histórias dessa mulher pelo tanto que ela consegue me deixar romântica e me fazer chorar com poucas páginas. Seus homens são apaixonantes e suas protagonistas tem um estilo aventureiro e forte que inspira. Mas ao mesmo tempo. É uma puta novela mexicana que tem o poder de me irritar. E agora? Eu não sei.

IMG_3134

Em “Tentação sem Limites” nós continuamos a história de Rush e Blaire  depois de “Paixão sem Limites“. Um relacionamento complicado que pode resultar em problemas e felicidades, mas que no momento não sabe para onde seguir. Blair se mostrou uma personagem muito forte no primeiro livro, mas muitas de suas ações são questionáveis nesse segundo volume. E isso decepciona um pouco.

Alguns personagens coadjuvantes nessa história poderiam ter ganhado uma importância maior se fossem trabalhados de forma diferença. Aos poucos você percebe que eles só estão ali para conduzir a história de Blair e Rush até onde ela precisa ir.

Rush é um dos meus personagens preferidos das histórias de Abbi. Talvez meu dedo podre para homens problemáticos esteja novamente aqui. Gosto do lado mau do Rush, do jeito descompromissado, mas da forma com que ele se entrega ao amor. Tudo é tão bonito com ele, que até sou meio tendenciosa por causa desse filho de roqueiro.

IMG_3145

IMG_3135

IMG_3146

IMG_3147

IMG_3137

Eu posso reclamar um pouco do livro, mas não me entendam de um jeito errado, pois eu realmente gosto dele. Talvez seja aquela máxima de implicar com quem a gente ama. Abbi sempre vai morar no meu coração pela forma com que ela conduz uma quase novela mexicana de um jeito nobre e bonito para te mostrar, caro leitor, que tem sim como as coisas darem certo, mas antes disso você vai ferrar muito com toda a história e com sua mania de errar tentando concertar os próprios erros.

O amor muda as pessoas, ele dá para essas mesmas pessoas uma forma completamente nova de ver a vida. Se importando com alguém, sorrindo de uma forma diferente e aos poucos, tratando melhor até pessoas que não tem nenhuma influencia sobre o “romance” em si. Quem ama não está apenas amando uma pessoa, essa pessoa passa amar a vida e o que ela lhe proporcionou.

Eu gosto de Tentação sem Limites e dos livros da Abbi porque ela nos mostra que errar é normal de qualquer um e que isso vai acontecer sempre, mas você pode lidar com isso se quiser, e isso pode te fazer ficar bem com você e principalmente, com a sua vida.

Rush e Blair entre trancos e barrancos mostram mais uma vez que o amor precisa ser construído e é exatamente isso que Rush vai ter que fazer nesse livro. Construir tudo que ele deixou desmoronar.  Conquistando Blair e cada um dos leitores do livro.

IMG_3143

Edição: 1 | Editora: Arqueiro | ISBN: 9788580412451 | Ano: 2014 | Páginas: 208

Comprar: Americanas | Submarino

Nota: 3,4/5

literariocastDesde a publicação de seu primeiro romance, em maio de 2011, Abbi também lançou os livros e séries Seabreeze, The Trilogy Existence,  The Vincent Boys e The Vincent Brothers. Por último, mas não menos importante a sua mais popular série Rosemary Beach, e os livros Too Far, Never Too Far, Forever Too Far, Twisted Perfection e Simple Perfection.

post

About Author

Criadora do @pausaparaumcafe, social media, formada em marketing, rata de biblioteca, intolerante à lactose e a pessoas de mau humor.

2 Comments

  • Ize Chi
    28 de fevereiro de 2014 at 11:55

    Eu tive esses mesmos sentimentos paradoxais ao ler essa trilogia rsrd
    mas, assim como você, realmente me apaixonei pela forma como a Abbi descreve e constrói seus personagens, a ponto de, em seguida, ler a série Sea Breeze, pelo qual realmente me apaixonei (e do qual achei o primeiro livro mais fraquinho) ^^

    Reply
    • Anna Schermak
      28 de fevereiro de 2014 at 15:10

      Oi Ize! Eu li Sea Breeze e tem alguns livros que eu não gostei. Mas sabe que eu curti muito o The Vicent Brothers? Gostei daqueles dois irmãos e a história é muito novela mexicana! HEHEHEHEHE
      Beijocas!

      Reply

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.