Menu
Literatura

[Resenha] O Peão de Steven James | Companhia Editora Nacional

SinopseAs aventuras de Patrick Bowers ao longo de cinco livros nos levam por um mundo de violência psicopata. Com uma inteligência acima da média, o agente especial do FBI chega, nessa série, ao limite de suas capacidades, enfrentando criminosos cada vez mais habilidosos.  
Trazido da Carolina do Norte para ajudar num caso de um serial killer, o agente especial do FBI Patrick Bowers se vê no meio de um jogo de gato e rato.   Astuto e letal, o assassino está sempre um passo à frente da lei e está prestes a marcar mais um ponto novamente.  Bowers vai ter que usar todos os seus instintos, habilidades e suas modernas e controversas técnicas de criminologia ambiental para deter o homem que se autodenomina o Ilusionista.   Arrepiante e emocionante, você não vai conseguir parar de ler O Peão até a última página.

“Lembre-se, nossas escolhas decidem quem somos, mas nossos amores definem quem vamos nos tornar.” 

Já começa com sangue; E continua com sangue.

Eu sempre fui um leitor ávido de romances policiais e foi por esse estilo que comecei a minha saga  no mundo dos livros. Lembro de passar horas na estante de livros do meu pai lendo sinopse atrás de sinopse até encontrar um livro que me agradasse. Depois de um tempo, percebi que todos os títulos que tinha tirado da estante, eram romances policiais.

Continuei lendo, e me tornei um crítico incansável das tramas desses livros. Anda difícil achar um que consiga me fazer desligar o interruptor da chatice. Então, recebi um livro do Steven James pra ler. Ou melhor, dois. E o nome dos livros já me instigou. São cinco no total, quatro deles já lançados no Brasil. Cada um com o nome de uma peça do jogo de xadrez. Presumo então que o argumento dessa história seja complicado, inteligente e inesperado, como uma partida de xadrez. E foi.

PEA2014-2

O Peão é o início da saga vivida por Patrick Bowers um agente especial do FBI que utiliza uma técnica polêmica de criminologia para encontrar criminosos. Bowers é convocado a ajudar no caso de um assassino em série, psicopata, que está sempre um passo à frente da polícia. Meticuloso e inteligente o assassino deixa pistas sobre suas novas vítimas na cena do crime cometido. Bowers tem de usar toda a sua perspicácia para tentar acompanhar e impedir o assassino de cometer novos crimes.

Paralalemente com a vida investigativa, Patrick ainda tem que lidar com o seu drama familiar: A esposa que falecera recentemente, e a filha adolescente que vive uma fase de rebeldia e desobediência. Sem saber muito como lidar com todos esses sentimentos e ainda sob a pressão intensa da investigação, Bowers passa por diversas situações intensas, inclusive de embate com o próprio assassino.

PEA2014-3

Steven James nãos se preocupou somente em criar um vilão e um mocinho que possam se engalfinhar numa eterna briga de gato e rato. Ele nos mostra a face oculta da moeda dos personagens, nos levando a um nível de intimidade com cada um deles, que nos faz querer entender os acontecimentos e encontrar respostas para todas as perguntas. E só achamos, continuando a acompanhar incansavelmente a história. Até encontrarmos a reviravolta e tudo que sabemos na história, começa a mudar.

O livro é uma boa pedida para os fãs de thrillers policiais. Prende e instiga o leitor além de transportá-lo profundamente para um mundo onde a psicopatia e a violência são o caminho que constrói essa narrativa intensa. A Companhia Editora Nacional fez um ótimo trabalho de editoração, o livro tem boa qualidade de impressão e é maior do que o padrão que estamos acostumados. Recomento a leitura de toda a série. Aguardem minhas observações sobre os próximos livros.

PEA2014-4

 ISBN: 9788504018301  | Formato: 17 x 24  | Páginas: 416  | Edição: 1  | Ano de edição: 2013

Comprar: Submarino | Americanas

Nota: 4/5

autorSteven James é o autor de mais de trinta livros, incluindo o aclamado Arquivos Bowers, uma série de oito livros de thrillers psicológicos que atualmente inclui o livro O Peão. A série recebeu três Christy Medalhas e vários outros prêmios.

post

ESSE POST FOI FEITO POR: PH HARLEN

About Author

Criadora do @pausaparaumcafe, social media, formada em marketing, rata de biblioteca, intolerante à lactose e a pessoas de mau humor.

3 Comments

  • Rafaela Hübner
    11 de fevereiro de 2014 at 11:30

    Oi, td certo?
    Eu gosto bastante de romances policiais! Parece ser muito interessante e as fotos da postagem estão excelentes *.* adorei.
    Bjs

    Reply
    • Anna Schermak
      11 de fevereiro de 2014 at 13:09

      Patrick é fotógrafo, se não sair fotos bonitas podemos até brigar com ele hehehe

      Reply
  • adilson
    15 de fevereiro de 2014 at 01:23

    Olá, também sou fã de romances policiais, mas confesso que ultimamente não tenho encontrado nenhum que valesse a pena, que despertar-se a minha curiosidade!O primeiro que eu li foi e é inesquecível: Assassinato no Expresso do Oriente – de Agalha Christie.Sentir algumas dificuldades, tendo em vista que foi o meu primeiro, mas depois, fluiu a leitura normalmente e, desde então me tornei leitor assíduo do gênero! Abs!

    Reply

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.